Home

Meus filhos são tratados com Homeopatia, Medicina Ayurveda e Antroposofia desde que nasceram. O foco dessas medicinas é cuidar da saúde. (Parece óbvio, mas não é.) Isso significa colocar energia, ter trabalho para preservar o que é a saúde. O mesmo trabalho e energia que estamos mais acostumados a usar para cuidar da doença. Acontece que a saúde da criança ainda não está pronta. É por isso que antigamente, no tempo em que as pessoas usavam a sua sabedoria intuitiva, todos cuidavam tão bem da alimentação de suas crianças. Priorizando e conhecendo as qualidades dos alimentos naturais. Porque existem alimentos que fortalecem, alimentos que adoecem e alimentos que curam.

Os chás naturais (tomados não só quando se está doente), as frutas, os legumes cozidos, as verduras cruas, a carne e peixe frescos infelizmente estão virando coisas do passado como neste vídeo apresentado pelo Jaime Oliver. O vídeo mostra várias crianças errando o nome das frutas e legumes porque claramente não conhecem os alimentos naturais. Elas estão comendo mal como adultos e depois precisam ser medicadas como crianças. Porque ficam doentes com muito mais frequência que os adultos. Triste realidade.

Para quem não conhece o Jaime Oliver, ele propõe uma mudança radical no modo como a maioria das pessoas está se alimentando atualmente. E a proposta dele, como tudo que é magnífico, é muito simples. Se cada pessoa que sabe cozinhar um prato ensinar para 3 pessoas, temos uma revolução na alimentação. (Food Revolution) Porque a realidade que compõe o alto quadro de obesidade infantil e consequentemente as doenças relacionadas, é o excesso de alimentos industrializados, excesso de fast food gerando excesso de açúcar e falta de nutrientes adequados para o corpo funcionar.

Quando meu filho completou 1 ano de idade, na festinha de aniversário comeu o primeiro brigadeiro. E a comoção foi geral: Tadinho! Nunca comeu brigadeiro?!! Não, ele mamou no peito até 1 ano e 3 meses. Ele só comeu legumes e verduras orgânicas e cozidas à baixa temperatura até completar 1 ano. E o que eu fazia com esforço pela saúde do meu filho, (às vezes levando legumes na mala nas viagens) para a maioria das pessoas parecia tortura. Desde quando comer só frutas, legumes, verduras e carnes deixou de ser uma opção? Estou longe de ser uma pessoa obcecada por comida, que fique claro. Mas é assustador o domínio que as marcas de fast food e produtos industrializados têm sobre as pessoas. “Não vai fazer uma mamadeira com leite Ninho, não vai dar minguau de Maizena, Neston, Sustagen?” Só porque na embalagem está escrito “abra a felicidade” as pessoas realmente acham que você é uma bruxa se não dá refrigerante para seu filho. E sabe o que acontece com uma criança que nunca bebe refrigerante? Não acontece nada. Ela não sente a menor falta. Ela não pede. Bebe água. E como o paladar não está alterado com tanta açúcar, adora comer frutas. E a saúde? Vai muito bem. Como diz uma amiga: o dinheiro que você gasta na quitanda, economiza na farmácia.

Por: Cris Leão

Um pensamento em “Criança chamar batata de alface é o fim da picada.

  1. Oi! Achei seu blog por acaso e estava lendo e pensando o contrário, mesmo não tendo uma conduta mais voltada para o naturalismo (e nem sendo mãe), fiquei horrorizada pelo fato de oferecerem brigadeiros a crianças de MENOS de um ano! Pelo que minha mãe relata, só fui comer doces depois dos três ou quatro (e não por ser impedida de experimentá-los, mas simplesmente porque não me interessava por eles). Refrigerante para bebês, mamadeira de coca-cola, é uma das coisas mais horríveis que tenho notícia… é muita ignorância. E se você aponta, a errada é você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s