Home

Essa é minha foto preferida que tenho dos meus filhos. Assim como meu tempo preferido com eles é quando viajamos juntos. Acho uma delícia descobrir coisas novas ou rever as pessoas amadas com eles. Mas não quer dizer que é fácil.

Se você só tem um filho, sabe que sua vida é mais fácil, né? É basicamente a diferença entre segurar uma batata quente ou duas batatas quentes. Com apenas uma, você pode revezar as mãos. Com duas crianças (ou mais!), em um aeroporto com suas longas horas de espera e um avião com seu longo corredor e restrito espaço no assento, você vai passar por vários momentos de malabarismo esforçado. Aqui vão minhas dicas. Já viajei muitas vezes sozinha com os dois e espero que as dicas ajudem as marinheiras de primeira viagem. Ou segunda, ou terceira…

Dica 1: Lembre-se: mesmo no aeroporto, eles continuam sendo crianças. Vão querer brincar de corrida com o carrinho de bagagem, vão querer subir no carrinho de bagagem, vão bater na careca do vizinho do banco da frente, vão pedir para ir no banheiro exatamente na hora que a aeromoça falar para fechar os cintos, basicamente não vai ficar mais fácil só porque você precisa muito. Então vá preparada. Descanse o quanto puder antes da viagem. Nada de ver televisão até tarde, nada de fazer na noite anterior aquele encontro com os amigos que não vê há meses e nada de ficar perdida sem saber que roupa levar. Estar atenta e descansada vai fazer mais diferença do que qualquer combinação perfeita de roupa.

Dica 2: Leve entretenimento. Aeroportos têm muita informação, então as crianças vão ficar excitadas, perguntar mais do que têm costume, correr mais do que têm costume, brigar mais do que têm costume. Então leve aquele brinquedo favorito, livros, giz de cera e papel, joguinhos, o que puder para manter a atenção deles focada em algo mais possível de ser controlado. Nos aeroportos também sempre têm uma livraria que pode te ajudar muito a passar o tempo da espera. Lembre que eles já vão ficar bastante entediados dentro do avião, então é legal que o momento do aeroporto seja divertido. Quem sabe, isso ajuda a dar um soninho no voo? (Dedos cruzados!)

Dica 3: Gaste a energia deles! Depois do checking feito, malas despachadas, vá para seu portão de embarque e procure um lugar onde as crianças possam correr. Isso mesmo. Eles correndo, gritando, com tudo mundo olhando. É melhor eles fazerem isso agora do que dentro do avião.

Dica 4: Não confie na pontualidade da empresa aérea. (Já entrei no avião e esperei 3 horas para o voo de 12 horas sair!) Posso garantir que criança com fome é a pior turbulência de todas, porque acontece bem no seu ouvido. Então aproveite que eles adoram comer lanche fora de casa e abasteça a barriguinha deles com coisas gostosas, de preferência que realmente alimentem. Nada de doce. Caso contrário você extermina os pontos que ganhou com a dica 3.

Dica 5: Sei que você adoraria andar livre, leve e solta pelo aeroporto, carregando apenas uma singela bagagem de mão, mas conte que suas crianças podem se sujar. (Ainda que numa viagem de 40 minutos) Leve uma ou duas trocas de roupa para cada um deles. E a temperatura dentro do avião pode ser bem baixa, então não esqueça de levar um casaquinho. Já pensou chegar nas férias gripado?

Dica 6: Na hora do lanche, peça para o copo das crianças não vir cheio. (Quando vejo as aeromoças entregando copos cheios para crianças de 1 ano na maior naturalidade percebo que o otimismo é realmente um dom dessa profissão.) Peça o copo na metade e o que parece meio vazio na hora que servem, vira meio cheio no primeiro sinal de turbulência quando você assistir àqueles 3 copos saltitando com os sucos indo na direção da roupa recém-trocada.

Dica 7: Leve os pequenuchos no banheiro antes de entrar no avião. Já viu o tamanho do banheiro do avião? Mesmo para quem adora ver a família bem unida, aquilo é praticamente um teste de contorcionismo para mães com bebês grandinhos usando fraldas.

Dica 8: No momento de decolagem e aterrissagem, é quando o seu primeiro dia de viagem vai ser definido com ou sem dor de ouvido dos pequenos. (Claro que algumas crianças têm o ouvido bem mais sensível do que outras) Se tiver um bebê ainda amamentando, peito nele! Se tiver bebê que chupa chupeta, guarde ela para esses dois momentos para garantir que ele realmente vai sulgar com vontade. Se seu caso não for nenhum dos acima, dê mamadeira, ou bala, ou chicletes. A sucção ajuda a aliviar a pressão no ouvido. E com isso eles passam pela alteração de pressão sem sentir nada. Em voos internacionais onde essa pressão pode acontecer em outros momentos, peça a aeromoça dois copos descartáveis e coloque cada um em um ouvido. Com a boca do copo para dentro. Nessa hora dá pra brincar de princesa Léa ou orelhas de elefante. Tudo para que os copos fiquem ali durante todo o momento da pressão.

Dia 9: Vá de mochila! Sei o quanto aquela bolsa combinaria mais com sua roupa, mas uma mochila vai te deixar tão mais tranquila que funciona praticamente como um creme anti-rugas. Com duas crianças ou mais, nada como ter as mãos livres e os ombros relaxados. Mochilas também são boas porque facilitam para você ter tudo o que precisa em um só lugar. (trocas de roupa, fraldas, lencinho humedecido, casaquinhos, lanchinho extra e documentos) Não esqueça de deixar os documentos e um lugar de fácil acesso. De preferência bem separados do resto. Eu coloco todos os documentos juntos em uma bolsinha de plástico transparente e ali já guardo também os cartões de embarque. Assim fica fácil de achar na mochila e pegar rapidinho.

Agora é só apertar os cintos e boa viagem!

Viagem com crianças Antes que eles crescam

E quando fica fácil viajar com os dois, leve também o cachorro! Pois é. É possível viajar com cachorros pequenos (até 9 quilos) dentro do avião usando essa bolsinha. E eles ficam embaixo do seu banco. Coloquei um tapetinho de “pet training” no fundo da bolsa para caso acontecesse alguma “emergência”. E sucesso total! Fora alguns momentos engraçados quando as pessoas se assustavam de ouvir uns latidos e não saber de onde vêm. Você só precisa ligar para a sua empresa aérea e reservar o lugar do pequeno. Os aviões só recebem até 2 cachorros por voo.

Por Cris Leão

9 pensamentos em “Dicas para viajar de avião com crianças pequenas

  1. É bem assim mesmo. Já viajei muito com minhas 2 filhas (3 e 4,5 anos), sem a presença de um outro adulto. Antes de irmos para a sala de embarque, quem me leva para o aeroporto fica com uma, enquanto levo a outra no banheiro e depois repetimos a operação. Mas nem sempre dá certo. Aí é um tal de “não põe a mão em nada!!!!”, mas pensa que é quase impossível isso num banheiro daquele tamanho, com 3 pessoas dentro!
    Uma outra coisa que NUNCA faço é entrar com as crianças junto com as prioridades. Prefiro ser uma das últimas a entrar. Assim, é menos tempo dentro do avião.

    • Boa lembrança! Faço isso também, Heloisa. E de preferência esses são mais alguns minutinhos de corrida. : )

  2. OI,VAI SER MINHA PRIMEIRA VIAGEM COM ELES,ME AJUDOU MT,ME ACALMOU VALEU MENINAS,SÓTENHO RECEIO DE UM DELES PASSAR MAL,FORA DISSO PEÇO A DEUS UMA OTIMA VIAJEM,BJOKASSSSSSSS.

  3. Oi. Adorei as dicas. Eu já viajei sozinha com a minha pequena uma vez mas ela usaba fralda. Agora ela tem dois anos e meio e vamos fazer um vôo de seis horas. E se ela quiser usar o banheiro? Como é que faz? Mamãe fica do lado de fora com a porta aberta? É assim mesmo? Já pensei em colocar fralda pull-up pois acho que ela vai ficar constrangida de usar esse banheiro.

  4. Vou viajar com.minha filha de um ano e sete meses,e com meu cachorro,tem algum.lugar pra soltar ele um pouco…?pois são nove hs entre voo e aeroporto 😞

    • Não soltar, mas com a coleira dá para ele ficar até a hora de entrar no vôo. Não sei qual é o seu cachorro mas o meu é um Lhasa (na verdade, vira lata, mas é um cachorro pequeno, assustado) ele estava tão cansado por causa do ambiente diferente que dormiu as 7 horas e meia de vôo (quando viemos de mudança pra Miami) e não deu trabalho nenhum!

  5. Muito obrigada pelas dicas.Nunca viajei de avião nem minhas filhas e logo o primeiro será internacional e essas informações vão me ajudar com certeza.

  6. Estou planejando viajar com meus 2 filhos de 3 e 6 anos e como será a primeira vez de avião estava muito insegura e suas dicas são muito boas. Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s