Home

carla_antesqueelescrecamcarla_antesqueelescrecam

Ninguém é de ferro. Nós, mães, muito menos. E eu, que adoro roupas, nunca resisto. Então vamos falar de roupinhas um pouco pra descontrair? Tem algumas mães que conseguem a proeza de aparecer bem-vestidas, arrumadas, lindas e sorridentes na porta da escola as SETE e quize da manhã. Isso mesmo, EU DISSE SETE. Não me pergunte como pois não faço ideia. Na maioria das vezes. vou descabelada e, se bobear, de pantufas. Tanto que outro dia o amigo do meu filho me olhou de cima abaixo e perguntou: “Mas, Antonio, sua mãe tá de pijama?”. Bom, gente, em pleno inverno, fazendo 5 graus lá fora, eu vou até de cobertor. Mas a Carla Demattio é uma dessas que está lá sempre bela, não importa o dia, o horário, a temperatura. Ela já sai de casa para o escritório de arquitetura, reunião com clientes, obras etc. Aqui, ela dá umas dicas de como fazer tudo isso com estilo.

“Escolho a roupa do dia na exata hora em que acordo, não consigo deixar separado um dia antes para poder dormir um pouco mais. Acho q tenho que sentir a vibe do dia, ou melhor, a minha vibe do dia. Tem dias que dá tudo certo, mas às vezes sinto que mergulhei no armário… Vou direto para o trabalho, então já saio para o dia. Com este tempo louco, sempre tenho um casaqueto no carro, na bolsa, enrolado no pescoço etc.. Em várias cores para não pensar muito. Amo vestidos, tem algo mais prático e arrumadinho? Nao precisa pensar se a parte de cima combina com a de baixo. Põe o vestido e pronto. Dá certo desde a reunião com o cliente até a ida a obra. Fez frio e estou de vestido? Taco um casaquinho e pronto! Cabelo, assunto à parte, este também tem vida própria. Passa do comportado ao eriçado em questão de minutos. Então lavo todos os dias e passo um leave in da Phyto, marca francesa, não pesa no cabelo nem no bolso.  E para mim são os colares e anéis a cereja do bolo. Por exemplo, como não gosto de roupas mais clássicas e as vezes sou obrigada a usar, coloco um anel de joaninha..r.s. É exatamente nos acessórios que mostro o jeito que gosto de me vestir. E acho que porque saio de manhã e só volto à noite para casa, a roupa vira minha companheira, tem que ser “tamojunto” o dia todo e melhor que esteja de bem com ela, né?”

Por Fabi Corrêa

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s