Home

Queridos e queridas que passam aqui para ler esse blog. Ando sumida, mas vou voltar (vocês sabem que comecei a trabalhar). E até estou preparando um texto com dicas para mães que vão voltar ao trabalho (anos depois). Mas esse surgiu no caminho. Então lá vai.

Recebo e-mails de pessoas pedindo dicas sobre o que fazer com o (a) filho (a) porque a gente sabe, eles crescem e ficamos mais perdidos. A dúvida deixa de ser prática e passa a ser aquilo que não dá para medir em números ou para comprar na farmácia. “Meu filho tem 9 anos e não consegue mais dormir sozinho, o que eu faço?” “Minha filha não gosta de mim” “Meus filhos me chamam o tempo todo e não me deixam fazer nada”. São alguns exemplos. Eu não sou psicóloga, mas aprendi muito nos meus 5 anos como mãe em escola Waldorf. Aprendi muito no que estudei sobre Antroposofia e se for para resumir tudo em uma frase, ela seria: “Toda educação é auto educação.” Antes de questionar seu filho/filha pergunte a si mesmo: O que esse comportamento diz sobre mim? No que eu preciso me melhorar para este comportamento melhorar também?

Nessa hora é quando de verdade a gente nasce de novo depois de ter filho. Você precisa querer. Eu posso garantir que vale a pena. Afinal, a natureza da vida é mudar. Por mais que seja difícil é o que nos faz amadurecer. E nada mais chato que do andar, andar e ficar no mesmo lugar.

É isso que a Dr. Shefali (autora do livro The Conscious Parent) diz sempre. E nesse texto abaixo, fica claro entender e muito gratificante refletir. Vale a pena ler com calma e com o coração aberto. O que segue é a minha tradução:

Desejo a você uma criança…

que lhe desafie

E então você pode aprender a perder o controle

Uma criança que não sabe ouvir

Então você vai aprender a sintonizar

Uma criança que adora deixar para depois

e então você vai aprender a beleza de não fazer nada

Uma criança que vive se esquecendo das coisas

e então você vai aprender a se livrar de tanta coisa que te aprisiona

Uma criança que é excessivamente sensível

e então você vai aprender a ser mais centrado

Uma criança que é desatenta

então você vai aprender a ser mais focado

Uma criança que se atreve a rebelar

então você vai aprender a sair fora da caixa

Uma criança que sente medo

então você vai aprender a confiar no universo

Desejo que você seja abençoado com uma criança

que te ensine

que nunca é sobre ela

mas sempre sobre você

Desculpa se soa como uma má notícia. Dar 15 gotinhas de analgésico seria mais fácil, eu sei. Mas pensa comigo, você quer mesmo o mais fácil? Acredite, você não quer. Pode até parecer quando está cansado, mas a verdade é que essa aventura de ser pais pode levar a gente mais longe do que imagina e mais perto do que a gente realmente é. Só é preciso seguir em frente.

“Acima de tudo, seja a heroína da sua história, não a vítima.” Nora Ephron

Por Cris Leão

Post relacionado: Seu filho escolheu você e isso muda tudo.

31 pensamentos em “Seu filho quer te ensinar uma coisa

  1. Muito legal, obrigado por lembrar que se alguém optasse por ter filhos porque é fácil, essa pessoa certamente não sabe o que está fazendo. O melhores pais e mães são heróis, mas os razoáveis também são.

  2. Perfeito…..3x perfeito porque aqui são 3 filhos kkkkk Cris eu já me sinto valente agora vou assumir a heroína!!!! Que Deus nos dê o discernimento pra sempre fazer o nosso melhor! Beijos!!!

  3. Amei! Fiquei emocionada com a simplicidade do texto e sua clara mensagem. Meu filho veio me tornar melhor e eu já percebo a mudança.

  4. Cris adoro seu blog. Mas me apaixonei por este texto!
    Acredito muito nesta ideia que um filho nos ajuda e melhorar!
    Vc sabe se o livro The Conscious Parent tem edição em português?
    Fiquei bastante interessada!
    Forte abraço.
    Tamara

    • Oi Tamara, fico feliz de saber que gostou do texto. Não existe esse livro em português, mas eu adoraria fazer a tradução dele. Quem sabe consigo uma editora que se interesse por isso. Seria um sonho para mim.
      (Na esperança de alguma editora ler essa mensagem) : ) Um grande abraço, Cris

  5. Cris, que perfeição de texto!!! Nunca havia visto por este ângulo e agora tudo ficou muito mais claro pra mim. Grata por você sempre nos brindar com textos lindos e inspiradores como este. beijos!

  6. Texto fabuloso! Ser mãe é aprender uma (ou muitas!) lição nova todo dia: essa foi a minha de hoje! Obrigada!!

  7. Maravilhoso!!! E é tão verdade!!!
    Me lembro quando minha filha de 5 não queria entrar no jardim (waldorf, por certo) e chorava sem parar. A professora me chamou pra uma reunião. Eu me sentei e fui falando que não sabia o que estava acontecendo com ela, que chegava em casa feliz com os amigos, com a profe mas na hora de entrar chorava sem parar!!! Ela ficou calada ,e ouvindo e quando terminei ela só me olhou e disse: e você? Como é que você está? Tudo bem? Não te vejo muito bem…
    Foi o que bastou pra eu desabar num choro angustiado contando o quanto me sentia presionada e sozinha (maridão viajando por trabalho). Ela me acalmou, conversamos um pouco mais e no dia seguinte (não minto!!) minha filha entrou meio desconfiada mas sem chorar e não chorou nunca mais pra entrar!!!
    “…que te ensine que nunca é sobre ela mas sempre sobre você ”
    Obrigada!

  8. Cris amo seus textos, tem uma sabedoria e uma simplicidade simultânea que me fascinam.
    Obrigada por compartilhar conosco um pouco de suas experiências.

  9. Que texto gostoso de ler… Me identifico com cada palavra nele escrita! Obrigada!!! Espero que possamos aproveitar essa maravilhosa oportunidade de ser mães cada vez mais…

  10. Cris, como sempre um texto que nos toca fundo, agrega valores e nos faz parar para refletir. Vou compartilhar no meu face com todas as mães e todos os pais que conheço. Não deixe de escrever…suas palavras são bálsamos para nossos corações e mentes. Beijos. Janaina

  11. ai .. que coisa mais linda este texto.. de chorar.. meu filho se encaixa eu todo o poema.. eu as vezes me pego gritando e vendo o quanto sou tola em nao querer entender..que sou eu que estou assim… que ele esta na pura infancia.. muito grata pela mensagem…

  12. Excelente querida Cris!!!

    parabéns por esse post especial, curto, direto, poético (Leminski!) e verdadeiro!

    Sempre digo isso aos pais que atendo no meu consultório!

    UM abraço afetuoso, paz e muita Luzzz!

    Ingrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s